No Futuro da Publicidade Digital, o Contexto é Rei

Postado por

Joshua Bell é o diretor musical da Academia de St. Martin in the Fields, solista, e ex-criança prodígio – em outras palavras, é um dos nomes mais talentosos do mundo clássico.

Ele decidiu realizar uma “experiência” de apresentação numa estação de metrô de Washington. Depois de tocar para uma multidão de mais de 1.000 pessoas, apenas sete pararam para ouvir.

Por quê?

Seu gênio musical estava fora de contexto. Não havia anúncio de quem ele era e as pessoas ocupadas à sua volta não esperavam ter os seus ouvidos tocados por melodias calmas entre o barulho dos vagões.

Vamos pegar essa metáfora e aplicá-la à publicidade digital. O que rodeia o seu anúncio, ou o contexto no qual seu anúncio está inserido, pode ser tão importante como quem o vê.

Você já ouviu o ditado que diz que “o conteúdo é rei”(“Content is King”). Mas no mundo da publicidade, o contexto é o novo rei.

Vamos analisar mais de perto a importância do contexto e como você pode utilizar a segmentação contextual em sites de notícias para garantir que seus esforços de publicidade digital sejam bem recebidos pelo público.

Como as Notícias Criam Contexto e Geram Confiança

O que está ao redor de seus anúncios na página e o momento em que seus anúncios são apresentados são tão significativos quanto a pessoa que os recebe. E mais anunciantes estão aprendendo que os sites de notícias possibilitam o casamento ideal nessas condições.

Os anúncios colocados em sites de notícias são inseridos em um ambiente de confiança, e os sites de notícias proporcionam aos anunciantes a possibilidade de aparecerem no contexto certo.

De fato, em um estudo recente da IAB, 84% dos consumidores de notícias afirmaram manter ou aumentar a confiança nas marcas que anunciam em suas fontes de notícias preferidas. A IAB refere-se a isso como “The News Trust Halo” [“O Efeito de Confiança das Notícias”].

(Fonte)

Além de maior confiança nos sites de notícias em geral, muitos participantes disseram que estariam mais propensos a se envolver com marcas colocadas em seus sites de notícias preferidos:

  • 45% dos participantes disseram que são mais propensos a visitar o site da marca.
  • 43% dos participantes disseram que considerariam fazer uma compra da marca.

O Problema com (e Solução para) Ambientes Sociais e de Busca

Estes resultados são mais importantes do que nunca em uma época em que as redes sociais e os ambientes de busca estão excessivamente saturados (OU) de caro desempenho.

Isso porque, nesses ambientes, os anúncios podem ser:

  • Colocados ao lado de conteúdo gerado pelo usuário (UGC), que as marcas não podem controlar
  • Ignorados quando apresentados antes de um vídeo que alguém realmente queira ver
  • Na pior das hipóteses, colocados em um ambiente totalmente irrelevante e serem prontamente ignorados

Em alguns casos, os ambientes das mídias sociais por si só não podem evitá-los. Este foi o caso do Universal Music Group (UMG), um cliente da Taboola que representa a banda de heavy metal Metallica.

O UMG recorreu à rede de publishers premium da Taboola depois que percebeu que não era possível alcançar audiências de qualidade no mercado alemão através dos ambientes sociais. A campanha registrou mais de 260.000 impressões em vídeo em apenas quatro semanas.

(Fonte)

A Segmentação Contextual Ajuda as Marcas a se Recuperarem das Mudanças de Privacidade

Como um bônus, a segmentação contextual também é uma solução para as próximas preocupações sobre privacidade que muitas marcas vão enfrentar.

A partir de 2021, veremos grandes avanços na proteção da privacidade dos usuários – incluindo a eliminação de cookies de terceiros. Esse território vem com a limitação da quantidade de dados pessoais que podem ser acessados pelos anunciantes.

Isso é um problema porque, fora das plataformas sociais, como Instagram e Facebook, e plataformas de vídeo, como YouTube, os anunciantes tradicionalmente recorrem fortemente à fontes de dados de terceiros para alcançar o público certo. E com as proteções de privacidade ficando cada vez mais rígidas, essa tática vai ficar mais difícil de ser seguida.

A segmentação contextual em sites de notícias será parte da resposta. Através da segmentação contextual, as marcas podem escolher os tópicos de notícias dos quais desejam estar próximas, bem como as publicações às quais desejam ser associadas.

Tomemos como exemplo a Valueleaf, uma agência de marketing de desempenho localizada na Índia que precisava aumentar a qualidade de tráfego e as conversões para dois grandes clientes.

A Valueleaf recorreu à tecnologia de segmentação contextual da Taboola para encontrar públicos que já estavam consumindo conteúdo relevante – e gerou mais de 5.000 leads por mês, com um custo por aquisição (CPA) 50% menor e uma taxa de cliques (CTR) 0,6%-0,8% maior do que seus outros canais de mix de marketing.

Fonte

Como (Realmente) Funciona a Segmentação Contextual

A segmentação contextual mergulha profundamente na compreensão de seu público ideal. Especificamente, ela envolve os tipos de páginas e artigos que seu público está mais interessado em consumir.

Desde que a Taboola foi criada, ela tem processado continuamente enormes quantidades de sinais contextuais. Isso ajudou a construir um algoritmo de Machine Learning que compreende a relação entre o texto de um artigo e a classificação contextual da página.

Isso nos ajuda a colocar os anúncios de nossos parceiros em páginas onde o público está realmente prestando atenção– e com resultados incríveis.

Naked Wines soube disso em primeira mão quando se associou à Taboola para atrair novas assinaturas para seu serviço de vinhos customer-funded.

A campanha utilizou a segmentação contextual (entre outras ferramentas e recursos) e registrou um incrível número de 8.000 assinaturas no Reino Unido, EUA e Austrália em oito meses. Eles também viram um Life Time Value (LTV) 33% maior do que a média.

E, como bônus, a Taboola tem cookies próprios (first-party) porque ela é um mecanismo de recomendação para seus publishers parceiros, o que ajuda a deixar as campanhas de nossos parceiros “à prova de futuro”, quando os cookies de terceiros ficarem indisponíveis.

O Futuro está Aqui – Você está Pronto?

À medida que navegamos pelo futuro próximo da publicidade digital e do engajamento do consumidor, o contexto deve ser prioridade quando pensamos no ambiente que cerca seus anúncios e como você os segmenta.

Tenha em mente campanhas de segmentação contextual à medida que você desenvolve seu mix de mídia – e entre em contato com a gente se estiver interessado em saber mais sobre como a Taboola pode ajudar.

Crie sua primeira campanha com a Taboola!